quarta-feira, 25 de junho de 2014

Apresentação - Ikoi no sono - 23/Março/2014

No dia 23 foi dia de promover uma boa ação e ir fazer um trabalho voluntariado no Ikoi-no-Sono juntamente com o grupo de alunos de Okinawa minyo do Komesu sensei e a escola Satoru Saito Ryubu Dojo. A organização iniciou suas atividades em junho de 1942 (fundadora Sra. Margarida Watanabe) por meio da Comissão Católica Japonesa de São Paulo, com objetivo de atender aos imigrantes japoneses presos em conseqüência da II Guerra Mundial. Atualmente atende idosos fragilizados, com idade média de 86 anos, dependentes ou semi-dependentes, que necessitam de cuidados especializados.

Gentilmente, as freiras e cuidadoras fizeram um tour para conhecermos o local. A casa de repouso fica em um local amplo e aberto, cercado de árvores, animais e um belo lago. As instalações estavam bem conservadas e os idosos (todos japoneses) se mostraram bastante felizes e animados com nossa presença.


Apesar de simples, a apresentação foi feita com empenho e de coração aberto. Além de apresentações de músicas e danças tradicionais de Okinawa, tive a honra de tocar um pouco de Tsugaru Shamisen e cantar as músicas folclóricas do Japão. Logo deu para perceber que boa parte dos idosos estavam cantando junto algumas das tradicionais músicas como Soran Bushi e Kuroda Bushi. No final, uma entrega de flores a todos finalizou a apresentação, enchendo nosso coração e emocionando a todos os presentes.

Mais do que ir até lá e apresentar, todos saíram com um sentimento de grande aprendizado e reflexão. De como um dia a idade chega, nos impossibilitando fisicamente, mas não em termos de sabedoria e experiência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário