terça-feira, 22 de maio de 2012

Seiha do Brasil - 7º Bunka Matsuri - 19/Maio/2012

Prezados leitores, gostaria de informar que em breve farei novos posts mas por enquanto, estarei postando apenas as participações em apresentações. 

Neste fim de semana, o grupo Seiha do Brasil participou da sétima edição do Bunka Matsuri. Esse festival ocupa diversas instalações dos prédios da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, mais conhecido como Bunkyo, localizado no coração do bairro da Liberdade.


Inúmeras atrações, exposições, mostras de cinema, demonstração de Cerimônia do Chá e visitas monitoradas ao museu da Imigração Japonesa foram realizadas com o intuito de propagar ainda mais a cultura nipônica. De acordo com o site do Bunkyo, a festividade nasceu da vontade de fortalecer a participação dos jovens na organização de um evento de grande porte e abrir as portas da entidade ao público em geral.

O nosso grupo realizou uma apresentação juntamente com o músico Gabriel Levy e o grupo de shakuhachi que também integra o nosso grupo de música clássica japonesa. 


Além do repertório mais clássico, apresentamos algumas inovações com músicas clássicas em ritmos brasileiros como a bossa nova e o baião. Esse resultado Brasil-Japão não podia ter resultado melhor, uma vez que reunião a tradição japonesa com a alegria e ritmo contagiante do Brasil. 


Logo no final, tocamos duas peças de músicas pops de Okinawa, o Nada Sou Sou (compositor: Begin) que é super conhecido na voz da Natsukawa Rimi e  Shima Uta (compositor: Kazufumi Miyazawa). Esta última inclusive teve um bis com o Joe Hirata cantando.






O evento é uma realização do Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social e coordenação da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, com patrocínio da Fundação Kunito Miyasaka, Sakura, Sansuy e Alfa Alimentos. Apoio: Consulado Geral do Japão em São Paulo, Fundação Japão, Restaurante Taizan e Prefeitura de São Paulo / Projeto realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário