quinta-feira, 22 de março de 2012

Okinawa (沖縄) - Ryukyu koten, a música clássica de Okinawa

Para quem está familiarizado com as músicas mais rapidinhas de sanshin, ou até as pops cantadas pelo Begin e Natsukawa Rimi, vai achar estranho ou vai me dizer que as músicas clássicas são chatas, lentas e dão sono. É uma opinião pessoal, mas acredito que na música clássica se encontrem as raízes do instrumento  e da cultura de um povo e é um grande desafio entendê-las, tocar e cantar ao mesmo tempo. Não preciso dizer o quanto gosto desse tipo de música né?


Em Okinawa, o koten era um tipo de música exclusivo para a nobreza e para a corte, não sendo tocada pelo povo (daí surgiu o minyo, as músicas folclóricas). Normalmente, os instrumentos utilizados para tocar esse gênero musical são o sanshin, koto, fue, taiko e o kokyu, uma espécie de violino, servindo de acompanhamento para danças ("buyo").


A origem da música clássica (conhecido como koten) do reino de Ryukyu (atual Okinawa) foi iniciada no reinado do rei Kin (1717-1751). Nesta época, Yakabi Sensei que foi pioneiro na música clássica de Okinawa era um oficial muito próximo do rei. Preservando as músicas do passado, adicionando novas composições e adotando o método chinês de transcrição musical, Yakabi criou o gênero clássico de música okinawana conhecida nos dias atuais.



Os conhecimentos de Yakabi sensei foram passados pelo seu aluno Toyohara sensei para Sekko Chinen, considerado um gênio da música clássica. Chinen realizou algumas modificações nas obras de Yakabi sensei, construiu composições próprias e completou os kunkushins (partituras).



Durante o reinado do rei Sho Tai (1866-1879), duas escolas foram estabelecidas, sendo as mais conhecidas até os dias atuais. Um dos alunos de Chinen, Ansho Nomura, tornou-se instrutor do palácio, simplificou algumas notas musicais e fundou a Escola Nomura-ryu de música clássica de RyukyuPor outro lado, o estilo original de Sekko Chinen foi mantido por um dos seus alunos, Seigon Afuso, que formou a Escola Afuso-ryu de música clássica de Ryukyu.




O koten no Brasil


Aqui no Brasil, o estilo mais difundido é o Nomura-ryu. A entidade aqui no Brasil iniciou suas atividades em 1954, mesmo ano do quarto centenário da cidade de São Paulo, com apenas 19 pessoas. Além do Brasil, está presente em outros países como Peru, Argentina e Estados Unidos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário