Okinawa (沖縄) - Introdução

Este vai ser um início de uma série de posts relacionados à singular e bela cultura de Okinawa (沖縄). Bom, quando era menor, acho que o único contato que tive com a cultura de Okinawa era uma tia minha que era descendente de Okinawanos e nada mais. Conhecia muito pouco sobre sua música, dança ou comida e só tive interesse em conhecer mais sobre essa belíssima cultura depois que comecei minhas aulas de sanshin. Depois disso, posso dizer que fiquei muito curioso em conhecer mais da cultura e costumes, que um tanto diferente do restante dos japoneses ("naiti", como somos conhecidos), é um povo muitíssimo alegre e muito receptivo.

Okinawa é um arquipélago subtropical (lá se planta até abacaxi e cana-de-açúcar) ao extremo sul do Japão, composto de 169 ilhas e abrange área de 2.271.30 km2 habitada por aproximadamente 1,4 milhão de habitantes. 


Há séculos atrás, a província de Okinawa era um reino independente chamado Ryukyu (琉虬) - também conhecido com Lequious pelos estrangeiros (este nome serviu de inspiração para o nome de um conhecido grupo de taiko de Okinawa). Por esse motivo, torna-se fácil entender o porquê de possuírem tradições, costumes e culturas tão diferentes do restante do Japão. 

A primeira menção escrita do reino se deu em 605 na China, em um livro chamado Sui (隋书). Já o termo japonês Okinawa foi descrito pela primeira vez na bibliografia de Jianzhen, um monge budista chinês, em 779 com os ideogramas 阿児奈波. A escrita atual, 沖縄, apareceu pela primeira vez em 1719 por Arai Hakuseki. A origem do termo "Okinawa" é incerta, mas um livro com compilações de poemas e músicas denominado Omoro Soshi descreve a existência de um ser divino chamado Okinawa, que pode ter originado o nome.

Curiosidade: um dia desses no treino estava tocando uma música chamada パラダイスうるま島 (Paradaisu Urumajima) e decidi saber qual o significado do nome dessa música. Então o sensei explicou que "Uruma" quer dizer Recife de Corais, ou seja, "Urumajima" significa Ilha dos Recifes do Corais, um jeito que os okinawanos também designavam Okinawa.





Comentários

  1. É quase impossível não se encantar pela cultura, tradições e povo okinawano! Obrigada por compartilhar conosco mais um pouco dessa paixão e conhecimento! いい練習になりましたね~ブログにおめでとうございます!

    ResponderExcluir

Postar um comentário