segunda-feira, 10 de outubro de 2011

História da música japonesa – Período Asuka

Este foi o período da introdução do budismo chinês. Com as reformas de Taika (645 - 650) o estado foi centralizado como forma de governo e dentre as medidas, estava a inclusão de Cerimônias da Corte. Com isso, durante o século VI, escolas chinesas de música foram enviadas ao Japão a partir do porto de Paekche, um reino ao sudoeste da Coréia, que foram responsáveis pela introdução da música da corte no Japão, o Gagaku, e do teatro com máscaras, denominado Gigaku.

Gagaku

Gigaku
Dentre as primeiras narrativas literárias do Japão, estão o Kojiki (712 a.c.) e Nihon Shoki (720 a.c.), que possuem um cunho mitológico. O Kojiki é o livro mais antigo sobre a história do Japão e nelas estão contidas aproximadamente 200 poemas, todos cantados e escritos em puro chinês, onde estabelece a família imperial como alicerce da origem do povo japonês. Neles estão descritos que a nação japonesa foi fundada em 660 antes de Cristo por um imperador descendente de Amaterasu, deusa do Sol, dando à família imperial a posição de descendentes do Deus Sol


O Nihon Shiki inicia os primeiros capítulos contando sobre a era mitológica dos Deuses, mas descreve e estabelece principalmente o sistema estrutural de governo, política externa, hierarquia religiosa e ordem social interna. 

Trecho do Kojiki

Nenhum comentário:

Postar um comentário