quarta-feira, 27 de julho de 2011

Minyo (民謡) – Introdução

O Minyo é um gênero folclórico e tradicional da música japonesa. O primeiro ideograma desta palavra () significa “povo” e a segunda, (), “canção”.
Muitas dessas canções referem-se ao cotidiano de trabalhadores (pescadores, agricultores), assim como pensamentos e emoções. Muitos eram cantados durante esses trabalhos com o intuito de dar ritmo (como na hora de ceifar, puxar a rede de pesca), mas muito mais que isso, dar força para quem está executando o trabalho. Além da função de entreterimento (festivais e casamentos), alguns desses minyos faziam parte de rituais religiosos.
Outra característica marcante do minyo é que cada província (estado) do Japão possui músicas e estilos diferentes, chegando a parecer estilos de músicas totalmente diferentes, como por exemplo os minyos de Okinawa, do norte do Japão e das demais regiões. Dentre essas diferenças, inclui-se o instrumento utilizado, assim como a escala musical e o conteúdo das letras.
Os minyos podem ser cantados solo, com ou sem acompanhamento de instrumentos ou em grupos. No minyo também existe um tipo de chamada, onde o cantor principal canta e um outro “responde”, chamado em japonês de ohayashi.
A partir do período Edo (1603-1868) foi introduzido nessas canções o acompanhamento com o shamisen e shakuhachi/fue, assim como o taiko. A partir do minyo também surgiu um estilo independente de se tocar o shamisen, conhecido como Tsugaru Shamisen.
Estilos musicais como o Enka surgiram inicialmente pela influência do Ocidente no minyo e a partir do século 20, o minyo vem sofrendo alterações da sua forma tradicional para uma forma mais virtuosa, como podemos ver no talvez minyo mais conhecido, o Soran Bushi, que é acompanhado pela dança do Yosakoi Soran.

Aqui no Brasil, o minyo esteve no seu auge durante a década de 70 mas atualmente o interesse pelos jovens descendentes, talvez pelas várias opções de diversão e falta de tempo devido ao trabalho, além da distância de geração com os avós e bisavós, fez com que esse gênero musical venha perdendo número de adeptos.
Não relacionando o minyo de Okinawa, o minyo do resto do arquipélago japonês tem duas escolas representantes no Brasil, o Kyodo Minyo e o Nippon Minyo, que realizam anualmente campeonatos, onde o campeão recebe uma passagem ao Japão e faz uma participação especial no campeonato da sua escola no Japão.

Fica aqui um convite para conhecer esse importante e profundo gênero musical.


Nenhum comentário:

Postar um comentário